6 de ago de 2008

Meu, herói....


Quando ele se foi eu ainda, era muito pequena tinha 8 anos mas me lembro como se fosse hoje aquela correria.... Ele me ensinou a nadar, a empinar pipa e a curtir as coisas boas da vida, tinha orgulho quando morávamos em Santos, para quem não sabe nasci em Porto Alegre, e com 1 aninho me mudei para Santos pois meu pai, trabalhava na Marinha enfim... Santos foi onde eu passei os meus melhores dias de criança, Quando eu tinha 8 anos nos mudamos para São Paulo em Abril de 1988, me lembro como se fosse hoje o caminhão carregando nossas coisas e eu chorando em deixar minhas amiguinhas e aquela cidade linda, é o que eu acho até hoje! Chegamos em São Paulo, a nossa casa não era bonita, em vista do Ap que morávamos no canal I, mas fazer o quê aceitar os fatos, pois na vida nem tudo é como sonhamos, mas logo fiz amizade com as meninas da rua e assim foi... Era mês de Junho, minha mãe cozinhando o jantar e eu e meu Pai brincando na sala de jogo da memória, e de repente ele coloca a mão em seu peito e sofre um infarte fulminante, caindo morto na minha frente eu fiquei em pãnico, apesar da pouca idade saí correndo e chamei minha mãe que veio imediatamente, mas pela cara que ela fez eu senti que algo grave havia acontecido, foi aquela correria de vizinhos entrando na minha casa uma loucura...Uma vizinha veio até mim e disse: Cá vou levar você para minha casa e tudo vai ficar bem tá? Eu pequena aceitei. Então cheguei em sua casa e fui brincar com seus filhos que mal os conhecia, mas criança se adapta rápido né. No dia seguinte, minha mãe em choque me dá a triste notícia, meu heroí tinha morrido!!! Fiquei triste muito triste parecia que nada mais tinha graça, me encolhi e fiquei pensativa, não fui ao enterro pois minha vizinha achou melhor eu guardar a imagem dele vivo, e assim foi. Passado tudo minha mãe, digo minha guerreira se viu com 4 filhas menores para criar, e não sabia nem como faria com a gente, mas Deus estava conosco. Ela trabalhava muito, minhas irmãs arrumaram emprego ganhavam pouco, mas ajudavam, sempre recebi muito carinho, mas faltava o meu Pai, esse eu não esquecia jamais. A minha vida foi díficil, não tive luxo e muito menos marcas, mas minha mãe soube ser um exemplo de mulher em minha casa, nos criou muito bem nos deu estudo, amor, respeito e acima de tudo tinha Deus em seu coração. No domingo será Dia dos Pais, eu meu Paizinho não estará aqui,para eu abraçar, beijar, paparicar etc... Mas sei que ele foi um Pai extraordinário e sempre estará presente na vida de minha mãe, minhas irmãs e claro na minha, sei que onde estiver tem orgulho dessa família linda que somos, todos batalhamos para ser alguém e com muita união, ele está torcendo por nós!
Pai hoje eu queria ter você aqui, para se orgulhar de mim e tudo que eu conquistei na vida. Mas o meu meu maior orgulho é ter sido sua filha!!! Feliz Dia dos Pais meu Herói te amo pra sempre......saudades viu.... Beijocas pra vcs meninas e curtam muito seus Papais!!!

8 comentários:

Euzinha disse...

Miga
Sei muito bem o que tu sente.
Mas saiba que ele onde estiver ele está orgulhoso de ti viu
Grande beijo
Dayse

Luiza Cristina disse...

Oi Cá,
Que lindo o teu post...
Ainda bem que as marcas que o teu pai deixou, foram de alegria, de coisas boas!

O bom na vida da gente, é lembrar com amor das pessoas que nos são, ou foram importantes.

Um grande beijo.

Casamento feliz disse...

Cá que post emocionante amiga , não sabia que vc tinha passado por tudo isso , realmente sua mae é uma guerreira e nós temos que dar valor as pessoas que amamos enquanto elas estão entre nós né ? Tenho certeza que seu papi está te olhando lá de cima e está cheio de orgulho da pessoa maravilhosa que vc é

Um beijo grandeeeeeee

irlene disse...

Flor,
Saiba que onde o seu papis estiver, ele está olhando por vc e tem muito orgulho dessa filhota...

Um ótimo findi
Te adoro florzinha

beijinhos

Gisele disse...

OI amiga.. que lindo o que você escreveu.

Sabe o que eu imaginava quando criança? que quando as pessoas iam pro céu era melhor do que ficar aqui na terra.

porque ficariam lá pertinho de Deus (o que nos dava certa vantagem quando a gente pedia coisas pra ELE porque teria alguém lá ajudando a pedir) e que estaria mais perto ainda da gente.. )porque na terra moravam em outra casa, viajava, e de lá pordia ficar sempre com a gente)

Coisa de criança pra entender a morte.. mas ajudou a vencer a saudades

Bjão amiga
te adoro

Casamento feliz disse...

Oi Cá

Uma boa semana para vc

Beijokas

Beth Barbalho disse...

Oi Minha flor!!!
Boa semana, bem abençoada!!!!!

Luiza Cristina disse...

Kd vc?
Sumiu?

bjs